Rafiado

Envie notícias, campanhas,
vagas de emprego e sugestões.

Fechar

Para divulgar sua empresa,
produto, serviço ou evento, solicite nosso midia kit.

Fechar
Sobre

Criado em 2008 por Kenzo Kimura, o Rafiado é um blog que fala exclusivamente sobre Publicidade e Propaganda do Ceará. Notícias do mercado, campanhas de agências locais, entrevistas com profissionais, vagas de emprego, portfólios, dicas de eventos e mais um monte de coisa massa.


Com o passar dos anos, o Rafiado se tornou um dos principais veículos de comunicação no segmento. Além de ser referência no Ceará e no Brasil, é também ponto de encontro de profissionais do país inteiro, professores, estudantes e simpatizantes de uma boa ideia.


Kenzo Kimura:

#publicitario #redator #rubronegro

Nasci em Minhas Gerais, cresci no Rio de Janeiro e amei o Ceará.
Criei o Rafiado ainda na faculdade. Hoje é ele que me cria.

Fechar
22 Comentários

Na última sexta-feira, 22, saiu a seguinte notinha na coluna Layout, do Jornal O Povo e da parceira Joelma Leal, falando sobre a inauguração do FB Ideias:

Nota O Povo 22 maio Mercado-2

Bom, o publicitário Carlos Bittencourt – sócio-diretor de criação da Ipsilon Comunicação e coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da UNIFOR – ficou com uma pulga atrás da orelha e resolveu escrever pro Rafiado. Na verdade, ele escreveu pro mercado cearense. Dá uma lida.

***

“Deu no jornal e o gerente endoidou.

A página Mercado, jornal O Povo, de hoje (22 de maio de 2015) trouxe uma noticiazinha despretenciosa que, se entendi direito, é surpreendente. A Organização Educacional Farias Brito vai montar uma house e, pelo que compreendi, vai ensinar o mercado a trabalhar.

Acho que a ideia merece uma atenção especial do nosso mercado, nossos representantes e todos os que acreditam que isso é mais uma facada no nosso mercado que anda tão combalido com contas que vão morar em São Paulo ou ainda mais longe. Culpa nossa, imagino. Será? Vi coisas fantásticas desenvolvidas por agências como Verve, Bolero, 101º Macaco, Delantero e todas as outras agências cearenses que dão o sangue e a alma para igualar em criatividade o que nos falta em investimentos. Desculpem por não fazer a lista justa e completa. Foi uma lista feita na pressa de comentar a notícia.

Quem tem medo de concorrência? Ninguém com juízo tem esse tipo de receio. Não que eu tenha juízo, nunca tive! Mas compreendo que tem algo errado nessa nova concorrência… A FB Ideias é mais uma forma de nossos clientes reduzirem os investimentos em comunicação e apertar desde as verbas de produção até o salário de nossos profissionais. Mas imagino que vai ser mais fácil pressionar estes talentos contratados a desenvolverem campanhas como a famosa: Mais uma vez campeão do vestibular…

O mundo está de cabeça pra baixo e o mercado publicitário cearense de ponta-cabeça. Daqui a pouco vamos ver médicos montando fábricas de medicamentos, autoescola criando montadoras de automóveis, agências de publicidade criando escolas e universidades.

Mas, se entendi errado, desculpem a ignorância. Só achei que a notinha, jogada lá no meio da página que as agências passeiam, merecia mais atenção.

É isso.
Carlos Bittencourt”.

***

E você, o que pensa sobre o assunto?



por Kenzo Kimura




22 Comentários
Comente

A ação, intitulada de “Caminhos do Bem”, aconteceu no Dia das Mães e utilizou 400 bicicletas compartilhadas da Unimed como mídia. Nelas, foram divulgadas fotos de crianças e adolescentes desaparecidos. Dá uma olhada no videocase.

Até semana passada, 3 crianças haviam sido encontradas =)

Ficha Técnica
Agência: Acesso Comunicação.
Criação: Rodne Torres, Rodrigo Santiago, Éverton Rocha, Érica Bastos, Adriano Sombra e Myrtil Facó.
Planejamento: Bruno Facundes.
Atendimento: Luciana Junqueira, Will Alves.Arte Final: Adones Cardoso.
Produção: Lidiane Brito.
Mídia: Ariana Melo.
Produção Filme: Brankos Filmes e Trupe Estúdio Criativo.



por Kenzo Kimura




Comente
Comente

Para divulgar o Tomorrowland Brasil, considerada a maior festa eletrônico do mundo, a agência Delantero produziu o Beats of Tomorrow, uma festa que rolou em Natal/RN e transmitiu ao vivo o evento com mais uma ruma de coisa que tu vai ver no vídeo abaixo.

Ficha Técnica
Agência: Delantero Comunicação.
Criação: Matheus Sena, Mario Holanda, Emilio Amora, Sabrina Mesquita, Mateus Cândido, Rômulo Carneiro, André Miyasaki, Pádua Sampaio, Marcel Pinheiro.
Arte Final: Dell Teixeira, Fenelon.
Produção: Dell Teixeira, Carol Ribeiro.
Mídia: Juliana Oliveira.
Atendimento: Yohanna Maia, Raquel Campos.
Produção Filme: Polegar Opositor.



por Kenzo Kimura




Comente
Comente

A marca Oh My Dog! causou grande alvoroço nas redes sociais ao postar na última quinta-feira, 7, uma campanha que convida “artistas profissionais ou não” a ilustrarem as caixas do duplo hot-dog em troca de “visibilidade” e de uma quantia de R$ 250 “para levar os amigos para conferir”.

OH-MY-DOG-CAMPANHA

Publicitários, ilustradores, artistas e consumidores do fast food se manifestaram através do Facebook contra a iniciativa da marca. A principal reclamação é sobre a falta de valorização do trabalho do artista. Como revelado em comentários na rede social, o público entendeu como abusiva em especial a oferta dos R$ 250 convertidos em consumo do produto, na campanha #ArteNaCaixa.

Inicialmente, a maioria dos seguidores da marca entendeu que o valor seria pago em cachorros-quente. Mas, na nota de esclarecimento publicada nesta sexta-feira, 8, a empresa reforça que o valor será pago em dinheiro.

O criador da marca e um dos sócios do Oh My Dog!, Jorge Kubrusly, comentou a repercussão, em entrevista ao O POVO Online, e destacou que “continua acreditando muito na campanha”. O publicitário afirma que nem todo mundo vislumbra só o dinheiro, e que espaço tem grande valor para o artista. “A gente está falando de 200 mil caixas, mais de três meses de exibição, com nome, perfil, foto, uma breve história do ilustrador, contato, endereço”. Kubrusly ressalta ainda que o foco da campanha é a divulgação da pessoa.

O ilustrador Rafael Salvador traduz a campanha em: “Trabalhe por comida e prometemos te tornar famoso”. Rafael acredita que com isso a marca repetiu um “equívoco do senso comum” de considerar o trabalho do ilustrador “fácil e barato”.

Para o também publicitário Pedro Torres, que vem acompanhando a polêmica, a marca pecou principalmente ao não oferecer valor em dinheiro, ainda que simbólico, aos interessados no trabalho. Ele lembra que nem todo artista vai iniciar a carreira ganhando muito dinheiro e entende que para quem é novo no mercado, usar a oportunidade e incrementar o portfólio pode ser até vantajoso, desde que venha sim algum valor em troca.

“Agora, para um artista renomado que já está no mercado, que fez investimentos altos na carreira, em equipamentos, etc, não vale a pena”, completa. Pedro revela ainda surpresa com o posicionamento da empresa, que, mesmo tendo “100% de retorno negativo pela classe”, fez uma nota de esclarecimento “insatisfatória”.

Enquanto isso, Kubrusly garante que mais de 50 trabalhos já foram analisados na campanha, e que houve retorno também de forma positiva, com agências aproveitando a repercussão para oferecer o serviço. “Tudo é uma questão de ponto de vista; a marca está cedendo espaço e não pedindo trabalho exclusivo. Se o profissional não achar o valor suficiente, pode dizer “não me interessa””.

O primeiro trabalho a ser publicado nas caixinhas de hot dog será de uma artista que o faz por hobby, uma senhora de 92 anos, afirma o empresário. Kubrusly revela que a idosa utilizará a proposta para divulgar a situação difícil que está passando, por conta de um câncer, e o espaço servirá de plataforma para pedir apoio financeiro.

Via Jornal O Povo.



por Kenzo Kimura




Comente
1 Comentário

audifax_rios__facebook

Na verdade, Audifax Rios era muito mais que isso. Era escritor, pintor, desenhista, cronista, romancista, capista, comunicador, pesquisador e um ser humano fora de série.

Nascido em Santana do Acaraú, mudou-se para Fortaleza em 1962, onde trabalhou em jornais, agências de publicidade e na extinta TV Ceará. O artista também teve seu trabalho exposto em inúmeros lugares e premiado pelo Brasil afora.

Audifax sofreu um infarto, neste sábado, 25 de abril, durante uma visita à sua terra natal. Ele havia completado 69 anos no dia 17 de abril.

Em nome do mercado cearense, deixo aqui os pêsames e os melhores sentimentos possíveis à família e amigos. Obrigado por tudo, Audifax.



por Kenzo Kimura




1 Comentário
Comente

Na última quinta, rolou o GP Verdes Mares de Propaganda. Foram mais de 300 trabalhos inscritos em 14 categorias e todos os vencedores você confere no quadro abaixo. Destaque para a Delantero Comunicação, que faturou 8 ouros, 5 pratas e 1 bronze.

image

Via Diário do Nordeste.



por Kenzo Kimura




Comente
Comente

Filme

Anúncios

esporte_menor

jornal_menor

Ficha Técnica
Agência: Bando de Criação
Diretor: Giácomo Brayner.
Redação: André Freitas.
Direção de Arte: Paulo Jales e Tavinho Carvalho.
Produção de vídeo: Renan Martinz.
Produtora de vídeo: 14BIS.
Produção de áudio/música: RAPadura Xique-Chico.
Mídia: Érica Cifone.
Atendimento: Camila Nascimento.
Aprovação: Cyro Thomaz, Justino Barros e Patrízia Della Guardia.



por Kenzo Kimura




Comente
Comente

Aê, negrada, no dia 9 de abril, acontece mais uma edição do Debatepapo, evento gratuito e aberto ao público na UNIFOR. Nesta edição, vai rolar um papo com publicitários que abriram o próprio negócio (lá ele!). Se você tiver afim de trocar uma ideia, dê um pulo lá que promete ser bom.

debate papo Cadeira



por Kenzo Kimura




Comente
Comente

Neste mês, Ayrton Senna completaria 55 anos. Para homenageêa-lo, a seguradora Allianz lançou a campanha #MeuMomentoSenna, na qual os usuários podem produzir vídeos contando como o piloto brasileiro marcou suas vidas e postar com a hashtag da campanha nas redes sociais.

A Ogilvy (SP) foi quem criou a campanha, incluindo um filme só o massa que conta com o depoimento do ex-piloto francês Érik Comas. Em 1992, durante o treino de classificação do GP da Bélgica, Senna parou sua McLaren para ajudar Érik, da equipe Renault, que havia sofrido um grave acidente. O brasileiro viu o acidente, parou seu carro e correu para ajudar o colega, desligando o F-1TM que corria risco de explosão. O filme traz a cena original que encerra: “Vencer faz um campeão. Cuidar faz um herói. Homenagem da Allianz ao homem maior que o piloto.”

A campanha contou com a participação do Diretor de Arte Cabeça Chata, Giovanni Muratori.

Ficha Técnica
Agência: Ogilvy & Mather Brasil.
VP Nacional de Criação: Alício Fortes.
Diretor de Criação Executivo: Paulo Coelho.
Diretor de Criação: Moacyr Netto.
Diretor de Arte: Silvio Medeiros, Glauber Dorotheu, Giovanni Muratori e Renato Zandoná.
Redator: Márcio Fritzen, Victor Medrado, Victor Breda.
Planejamento: João Vicente, Cleber Almeida.
RTVC: Rafael Rosi, Cecília Taioli, Marina Dodi.
Atendimento: Denise Caruso, Felipe Obara, Caroline Stanzani, Gabriela Rosa, Felipe Gomes, Luis Dix, Priscilla Matheus, Ivan Clemente, Vanessa Ramaglia.
Diretor: Ale Charro, Leandro HBL.
Produtor Executivo: Oswaldo Zanetti, Delio Santiago.
Direção de Fotografia: André Modugno.
Atendimento: Marcela Sutter.
Equipe Produção: Bando, Movie&Art.
Montador: Carla Maimoni.
Pós-Produção: Area VFX.
Finalização: Area VFX, Movie&Art.
Finalizador: Henrique Gomes.
Produção: Áudio.
Produtora Som: A9 Áudio.
Produção Trilha: Apollo.
Criação Trilha: Apollo.
Atendimento: Guta Lima e Lili Carvalho.



por Kenzo Kimura




Comente
1 Comentário

Ficha Técnica
Agência: Delantero Comunicação.
Redação: Pádua Sampaio, Marcel Pinheiro.
Direção de Arte: André Miyasaki, Matheus Sena.
Produção de vídeo: Polegar Opositor.
Produção de áudio: DSan.
Aprovação: Adriano Costa Lima, Simoni Guedes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


por Kenzo Kimura




1 Comentário
Página 1 de 149 12345...102030...Última »
A cabeça é chata, a propaganda, não.
Real Time Web Analytics